MAG - Assembleias Gerais de 18/09/2021
Assembleias Gerais do CCL
realizadas em 18 de setembro de 2021
AG 18/09/2021

No passado dia 18 de setembro de 2021 realizaram-se, na Voz do Operário, em Lisboa, as duas Assembleias Gerais Ordinárias que tinham sido adiadas, em dezembro (2020) e em março (2021), devido à Covid-19 e, consequentemente, às regras impostas pela Direção Geral de Saúde, que implicaram mudanças significativas no nosso quotidiano pessoal, profissional e associativo. A primeira Assembleia destinava-se à Apreciação, Discussão e Votação do Plano de Atividades e Orçamento para o ano de 2021 e a segunda à Apreciação, Discussão e Votação do Relatório e Contas referente ao exercício de 2020. Como se pode ver pelas imagens, as Assembleias foram concorridas e as intervenções sobre os assuntos em discussão foram múltiplas como o atestam as atas nº 27 e 28, já disponibilizadas no sítio do Clube. A todas as questões respondeu o Presidente do Conselho Diretivo, Companheiro Luís Duarte, tendo em conta e realçando este período tão atípico que universalmente estamos a viver e que constituiu e constitui ainda um verdadeiro desafio ao Órgão de Gestão do nosso Clube, o Conselho Diretivo.

Relativamente ao Plano de Atividades e Orçamento para 2021 antes da votação estavam inscritos 125 Sócios e 83 representados, num total de 1507 votos. Após o escrutínio o documento foi aprovado por maioria, com 1220 votos a favor 240 votos contra e 47 abstenções.

No que se refere ao Relatório e Contas de 2020, a Assembleia contava com 134 Sócios inscritos e 84 representados, num total de 1546 votos e foi o mesmo aprovado por maioria com 1285 votos a favor, 232 votos contra e 29 abstenções.

Lamento, e apesar de algumas opiniões contrárias, que a afluência de Sócios tenha sido menor do que na última Assembleia Geral de 30 de Setembro de 2020 (3ª feira pelas 20h30m) onde estiveram presentes 164 Sócios inscritos e 100 representados, num total de 1778 votos.

É tempo dos Sócios do CCL refletirem, seriamente, sobre a importância da sua presença no ato mais importante da vida do Clube. Nas Assembleias apresentam-se, discutem-se e votam-se os assuntos de maior relevância para o presente e futuro do Clube de Campismo de Lisboa, tal como consta no Artigo 35º dos Estatutos do CCL. Tristemente assiste-se a “debates” sem qualquer base estatutária, a insinuações e quantas vezes a falsas afirmações nas redes sociais. Ora, o único sítio que se constitui como sede própria para que os Sócios questionem e usem da palavra são as Assembleias Gerais. Aos que não comparecem nas Assembleias mas utilizam as referidas redes sociais como meio de instalar a dúvida e o caos só posso apelidar de “guerreiros do teclado na sombra”. Desde que tomei posse como Presidente da Mesa da Assembleia, deliberei, com a então equipa, conferir, para além da Ordem de Trabalhos, um período de 30 minutos para que os Sócios usem da palavra sobre qualquer tema associativo, assim não se compreendem tais atitudes. Venham as críticas construtivas e teremos um Clube melhor!

Mesa da Assembleia Geral
Teresa Campos