ESTADO DE EMERGÊNCIA NÃO COMPROMETE A ATIVIDADE DOS PARQUES DE CAMPISMO
O estado de emergência decretado por S. Exa. o Presidente da República e pelo Governo fez cessar muita da atividade económica do país, mas, felizmente, não tocou na atividade dos parques de campismo que mantêm o seu funcionamento em pleno.
 
Esta decisão demonstra, claramente, que os parques de campismo, em geral, e os do Clube em particular, foram analisados pelo Estado como setores que não concorrem para o aumento de infeções e desenvolvem a sua atividade com total segurança de pessoas e bens.
 
Mas, para podermos continuar a ser considerados como um setor Safe and Clean não chegam os modos de procedimento que o Clube promove diariamente nos seus parques.
 
É, também, necessário que os campistas, sócios do CCL entendam a sua quota-parte de responsabilidade, não contribuindo para o aumento epidemiológico.
 
Por isso, apelamos a todos o uso permanente de máscara e garantir a distância mínima de 2 metros entre cada pessoa.
 
Contribua também para continuarmos fora dos números da Direção Geral de Saúde.
 
 
Contamos consigo!
 
                                                                                                                                
distanciamento.jpgmascara.jpg