COMEMORAM-SE 45 ANOS DO 25 DE ABRIL DE 1974 Imprimir e-mail

 

Imagem Activa

 

O Conselho Diretivo regista, com particular júbilo e orgulho a passagem dos 45 anos da Revolução de Abril.
O nosso Clube foi, desde sempre, um espaço de Liberdade onde, desde os anos 60, os cantores e músicos de intervenção puderam transmitir a sua mensagem de oposição ao regime da altura, sendo o nosso parque da Costa da Caparica, o único em funcionamento, que possibilitou “Fogos de Campo” perfeitamente históricos e marcantes da vontade de um povo.
Tivemos assim ocasião de assistir a personalidades como José Afonso, Adriano Correia de Oliveira, Francisco Fanhais, Carlos Paredes e Fernando Alvim.
O corolário desta forma de estar foi a alusão ao CCL, no novo livro sobre José Afonso, em que o jornalista e autor Adelino Gomes, além de publicar diversas fotografias da nossa revista “Companheiros”, ilustrando as participações dos músicos no “Fogo de Campo” enalteceu. Igualmente, a resiliência e a coragem do nosso Clube perante um regime adverso.

Parafraseando Francisco Fanhais:

O CCL viveu a liberdade antes da liberdade!

Sendo o CCL, desde a sua origem, uma associação financeira e politicamente independente conseguiu, desde sempre, preservar os valores da liberdade e da autodeterminação pessoal, opondo-se a qualquer movimento ou força politica que colocasse em causa estes princípios fundadores da sua identidade. Um legado a respeitar e preservar por todos quantos fazem parte deste grande Clube.
Vivamos em Liberdade e em respeito pelo próximo como verdadeiros Companheiros!


Lisboa, 25 de abril de 2019


O Conselho Diretivo e os Órgãos Sociais