15º Aniversário da Secção de Autocaravanismo (SAC) do CCL Imprimir e-mail
sac.jpg
Um grupo de autocaravanistas, sócios do CCL, por convocatória informal do falecido editor da revista Companheiros e sócio do CCL, Gonçalves Pereira, reuniram-se no Parque de Campismo de Monsanto em Lisboa, de 19 a 21 de Abril de 2002 e estabeleceram os princípios e as normas para efectivação de uma Secção de Autocaravanismo do CCL.

O grupo teve um início muito dinâmico, mas por vicissitudes várias (que podem sempre ocorrer nas organizações quando a projectos gerais se aliam projectos pessoais) adormeceu.

Quebrar a letargia não tem sido fácil. Apesar disso foram criadas algumas áreas de serviço e efectuados alguns passeios, inclusivamente a Espanha.

Mais recentemente, sendo seccionista o companheiro Victor Tavares, foi criado o emblema e galhardete da Secção.

sac_01.jpg
Às vicissitudes da SAC do CCL têm-se, infelizmente, juntado diversas ondas de choque provocadas pelos ataques ao autocaravanismo provenientes de diversos sectores com mais interesses comerciais do que preocupações ambientais e securitárias, funcionando estas como desculpa.

Tal estado de coisas justificou a resposta de diversas personalidades e associações, reflectidas em intervenções como seja o Comunicado da Direcção do CCL, do qual respigamos uma das passagens mais importantes:

sac_02.jpg
“Tem vindo a desenvolver-se, nos últimos tempos, uma polémica em torno da prática do autocaravanismo que o CCL não acompanha por considerar que a discussão se tem centrado em falsas questões e que essa polémica só pode contribuir para o enfraquecimento do Movimento Associativo e para uma maior discriminação dos utentes de autocaravanas”. 
 
Neste 15º aniversário da SAC do CCL deseja-se que a Secção possa ser revigorada, num momento em que o turismo começa finalmente a ser encarado como estratégico para Portugal.
 
 

 

Parcerias

Pesquisar