Noticias
Encontros do CD nos parques PDF Imprimir e-mail

Vida Associativa nos parques do Clube

"Encontros do Conselho Diretivo nos parques"


cc_encontros_cd_parques 20151114_01.jpegChegados ao início da época baixa e aproveitando um evento de congregação associativa onde se encontram muitos sócios utentes em gozo de fim de semana -  a comemoração do "São Martinho" nos parques do Clube, o Conselho Diretivo reiniciou os seus habituais "Encontros nos Parques".

São encontros em que o Conselho Diretivo transmite informações relevantes sobre o desenvolvimento da atividade do CCL, quer no âmbito do Clube, quer no âmbito do parque.

É também o momento de ouvir as aspirações e sugestões dos sócios-utentes em prol do melhoramento do parque e do aperfeiçoamento da gestão do nosso Clube.

Assim, já foram realizados Encontros nos parques de Ferragudo e Melides, a 8 de novembro e a 14 nos parques da Costa Nove e Costa da Caparica, ficando para agendar o do parque de Almornos.

 

cc_encontros_cd_parques 20151114_02.jpegcc_encontros_cd_parques 20151114_03.jpeg

 
Mototurismo - Convivio do Nucleo da Costa Nova PDF Imprimir e-mail

CONVÍVIO MOTARD DO CCL – COSTA NOVA

26 DE SETEMBRO DE 2015

 

Foi no passado dia 26 de setembro que se realizou o Convívio Motard do recém-criado Núcleo de Mototurismo do CCL da Costa Nova, tendo-se assumido como um êxito organizacional de caráter associativo, em que nem sequer era necessário possuir mota, pois o mais importante era entrar no espírito de convívio “motard”.

Um pouco de história:

Em termos de passeio de mototurismo este foi o 3º, pois em anos transatos já tinham sido realizados outros 2 passeios, com concentração na nossa Sede Social.

O primeiro foi há cerca de 2 anos, até ao nosso parque de Melides, com passagem pela Serra da Arrábida e travessia de barco de Setúbal para Tróia e o segundo teve como destino o parque de campismo de Castelo do Bode, pertencente à Federação de Campismo que gentilmente cedeu o espaço, com passagem por Fátima e apresentação de cumprimentos ao senhor Presidente da Câmara de Tomar.

No tocante ao convívio deste ano, a concentração iniciou-se pelas 10h00, com a imprescindível inscrição, contendo uma t-shirt e um porta-chaves alusivos para recordação.

Em termos de passeio, apenas dedicados a quem tinha mota, o grupo de 20 motards, saíram do parque, pelas 11h30, para um primeiro desfile no parque da Costa da Caparica com escolta do carrinho de apoio elétrico (por ser amigo do ambiente).

De seguida a comitiva meteu-se a caminho em direção ao parque de campismo do Clube Português de Caravanismo, na Lagoa de Albufeira cujo seu Presidente e o Vice-presidente (também motard) fizeram as honras da casa recebendo o grupo e escoltando o grupo pelas ruas do parque com o habitual ruído de alegria.

Por fim, ofereceu um porto de honra à comitiva do CCL e, desde já, fica aqui o nosso profundo agradecimento pela forma gentil como nos recebeu. Obrigado Companheiro Presidente Nuno Painço.

A hora já estava a tornar-se tardia para o almoço/convívio e a comitiva regressa ao parque da Costa Nova para o desfile final pelas ruas do parque e iniciar o repasto, no local do “fogo de campo” que estava devidamente engalanado para receber os participantes que, entre motards e sócios que quiseram juntar-se ao evento, estiveram perto de 100 e era muito engraçado de se ver a moldura humana vestida com a t-shirt alusiva. O almoço teve como menu, um porco servido ao estilo “gaúcho” e o jantar foi constituído por caldo verde, enchidos e sandes.

O convívio foi muito divertido pois, para além de uma tarde muito bem passada de karaoke onde quase todos foram ao palco mostrar os seus dotes de artistas, também a noite contou com música ao vivo a gosto de todos.
Foi, sem dúvida, um dia muito bem passado, cheio de diversão, convívio e comida qb.

Estão de parabéns os companheiros José Pereira, Paulo Fernandes e Renato Oliveira pela brilhante iniciativa e que vai dar continuidade a este tipo de eventos da nossa Secção de Mototurismo.

No final muitos questionaram – Quando é o próximo?

Calma, que é já a seguir!!!

 

         
   2015_cn_motard_001.jpg  
         
   2015_cn_motard_002.jpg    2015_cn_motard_003.jpg  
         
   2015_cn_motard_004.jpg    2015_cn_motard_005.jpg  
         
         

 

 
XXX Acampada del Marisco PDF Imprimir e-mail
2015_acampada_marisco_logo.pngXXX Acampada del Marisco
Camping Paxariña – Portonovo – Sanxenxo
9 a 12 de Outubro de 2015

De mochila às costas, viola emprestada e tenda (sem estacas). Mesmo antes de amanhecer, 9 de Outubro de 2015, a caminho da trigésima “Acampada do marisco” na Galiza. Só o nome sugere festa, convívio e muita cantoria em torno de mesas compridas. Como vem sendo habitual o movimento campista ibérico cumpre calendário nesta que já é uma atividade de referência organizada pelo Clube de Campismo e Caravanismo de Vigo presidida pelo nosso bom companheiro Tito Janeiro, também vice-presidente da Federação Espanhola de Clubes Campistas.

A boa divulgação deste Encontro já vinha acontecendo desde o Acampamento Nacional e Ibérico, daí a espectativa cativar, já pequenos grupos de campistas.

O CCL que, desde logo, fora convidado a estar presente mobilizou a sua campanha e fez-se representar oficialmente por seis campistas com o seu Presidente à cabeça. Ainda de noite, carros carregados, mapa tracejado e pé no acelerador. As centenas de quilómetros que separam Lisboa de Sanxenxo obrigavam a uma paragem para almoço. Logo cedo definiu-se o local que vai acolher, em 2016, o Encontro Internacional da FICC (Rally FICC), para o repasto e uma espreitadela: Ponte de Lima. Pelo que foi visto, só pode ser um encontro de sucesso.

À chegada do camping de Paxariña, muitas caras portuguesas conhecidas, o que mostra a relevância desta atividade. Espanhóis sorridentes, a bem receber eram simplesmente… todos. Entre abraços e conversas a duas línguas, vislumbrava-se uma “acampada” para lá de animada com cerca de 300 participantes.

A primeira estacada deste evento foi no Sábado, perto da hora de almoço, com a inauguração do acampamento. Apenas tomam a palavra as entidades oficiais e são mencionados os 26 clubes representados ao som de aplausos e manifestos de amizade. Cerimónia rápida, objetiva e emotiva finalizada pelo hastear do clube organizador ao som do Hino da Alegria. E segue o marisco! O primeiro dia é dominado por degustações com todos de pé em torno das mesas a provar o que de melhor a Galiza nos dá. Polvo delicioso ao almoço e mexilhões enormes e saborosos ao jantar. Bom vinho, bom pão e bons temperos a acompanhar. Nada mal se tratam os ibéricos. Entre “degustações” e mariscadas ainda dava tempo para cada participante disfrutar da envolvente, no Grove, Portonovo e Ilha da “Toxa”, locais ricos na indústria do turismo e produção de marisco e onde decorria também, a Festa Anual do Marisco.

No fim da “Acampada” já sob a folhagem fica na memória o sorriso de cada companheiro espanhol que tão bem nos recebeu, a organização exemplar e a confraternização, já antiga, entre os dois países e a curiosidade de ver tantos portugueses de tão longe que para além dos seus clubes de origem são também sócios do CCL. Tantas razões que levaram o Conselho Diretivo a apostar numa forte campanha de divulgação do acampamento comemorativo dos 75 anos do clube em Maio do próximo ano no Jamor, como se viu na mensagem de despedida do presidente do CCL. Pelas reações de apoio, muitos companheiros espanhóis estarão presentes. Isto sim é Campismo! No fim de campanha o resultado que fica é a vontade de voltar. E já no alto da despedida precoce, o corpo arrepiou-se ouvindo um mar de companheiros espanhois cantanto aos portugueses “al despedirme de ti, al despedirme me muero.”

 

 
Inaugurao - Area de servio Parque dos Leites PDF Imprimir e-mail
A inauguração da AS para Autocaravanas do Parque dos Leitões como foi?

Conforme programado, no dia 6 de Junho de 2015, pelas 10h00 reuniram-se os representantes das várias entidades e cerca de uma centena de autocaravanistas vindos de norte a sul do país.

Estiveram presentes e proferiram algumas alocuções, o dono do espaço que levou a efeito a Área de Serviço, Paulo Morais, que também representou toda a sua família que apoiou denodadamente o Encontro que decorreu durante todo o fim de semana, o Vereador Joaquim Páscoa, em representação da Câmara Municipal de Arraiolos, o Presidente da Junta de Freguesia de São Pedro, Rui Falcão, o Presidente do Clube de Campismo de Lisboa, Luís Duarte e o Director do Jornal Diário do Sul, Manuel Piçarra.

Retirada a bandeira do CCL que cobria a Placa Comemorativa, a Área ficou para os devidos efeitos inaugurada, tendo sido “molhada” pelos autocaravanistas que chegaram primeiro ao local do Encontro: companheiros Olinda e José Carlos Santos, enquanto era servido a todos os presentes um “moscatel de honra”.

Mas nem só da inauguração constou o Programa  -  tendo em conta que a AS se insere no Concelho de Arraiolos, que estava em Festa com “O Tapete está na Rua” foi proporcionado aos autocaravanistas um serviço de vai-vem àquela localidade para, não só verem a Vila e o seu centro histórico, mas também o maior tapete ali manufacturado, as exposições na Igreja da Misericórdia e no cine-teatro, o pelourinho, o monumento à tapeteira, o Centro de Interpretação do Tapete e a Feira Medieval, com o que lhe está associado: música a condizer e saltimbancos.

À noite o convívio decorreu no restaurante “O Parque dos Leitões” e a animação musical esteve a cargo do sexteto “Vórtice Project”, que interpretou músicas por si compostas e ainda tangos, fados e um “medley” de música dos beatles que fez toda a gente “bater o pé”.

Alguns dos presentes já conheciam o Flávio Bolieiro, enquanto acordeonista, de outras actuações suas, nomeadamente na Cabana dos Parodiantes em Salvaterra de Magos, mas desta vez tocou acordeão e teclas com os seus colegas de sexteto, também oriundos do Conservatório de Santarém, Hugo Martinho e João Limeiro na guitarra portuguesa, André Serra na viola de arco, João Correia na guitarra eléctrica e na viola dedilhada e Ricardo Gama na guitarra portuguesa e na guitarra eléctrica.

Até a forma como terminaram a actuação teve um apontamento de graça, saindo um a um (para receber o aplauso do público) ficando só o João Correia a tocar de tão embrenhado que estava … até ser “acordado”.

No dia seguinte, e já um pouco extra-programa, fez-se convívio à mesa, à roda do bom leitão assado – de comer e … repetir, para quem gosta.

Jornada terminada, ficou a vontade de nos encontrarmos por aí.

Quanto ao país, ficou dotado de mais uma Área de Serviço apadrinhada pelo CCL, considerada um ganho para a zona onde está inserida, tendo a inauguração sido notícia de primeira página com desenvolvimento em página central no Jornal Diário do Sul de dia 15 de Junho.
 
Festas de Outono - 2015 PDF Imprimir e-mail
2015_festas_Outono.png
 
Assinatura de escritura de permuta de terrenos PDF Imprimir e-mail
PERMUTA DE TERRENOS ENTRE O CCL E A API
2015_permuta_ccl_api_001.jpg  
No passado dia 22 de Setembro, foi finalmente assinada a escritura de permuta de terrenos entre o CCL (Clube de Campismo de Lisboa) e a API (Associação Portuguesa de Imprensa).
 
Neste ato o CCL esteve representado pelo Presidente do Conselho Diretivo, Dr. Luís Duarte e pelo Vice-Presidente, Sr. Manuel Rodrigues, por parte da API esteve em sua representação o Vice-Presidente da Direção, Dr. Vitor Brás e o Tesoureiro, Dr. Henrique Teixeira.
 
Como é do conhecimento associativo, este processo de resolução do terreno, propriedade da API (ex. AIND - Associação da Imprensa Não Diária), situado no interior do nosso parque de campismo de Ferragudo, encontrava-se por este “encravado”, ou seja, em consideração da sua localização geográfica o acesso a este terreno só poderia ser feito através do parque de campismo, obrigando o CCL a ceder serventia de passagem ao mesmo.
 
Após décadas de negociações, foi finalmente ajustada uma solução entre as partes, por permuta do terreno, propriedade do CCL, denominado de “Poço Redondo” . Esta resolução teve aprovação da Assembleia Geral do CCL de 18/11/2006 e, por razões legais para melhor identificação dos terrenos, foi sujeita a uma adenda em Assembleia Geral de 18/3/2011.

Ultrapassados os inúmeros obstáculos burocráticos encontra-se concluído este processo negocial, permitindo ao CCL unificar geograficamente o seu parque de Ferragudo, agora com um acréscimo de aproximadamente 3500m2.
2015_permuta_ccl_api_002.jpg
2015_permuta_ccl_api_003.jpg
2015_permuta_ccl_api_004.jpg
 2015_permuta_ccl_api_005.jpg
 
 
<< Incio < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 131 - 156 de 330